Acessórios Alimentação Comportamento Cuidados básicos Filhote Primeira viagem Saúde

Como cuidar do meu filhote de bulldog? – PARTE 1

O filhote chegou, e agora? Dicas sobre como cuidar do seu filhote de bulldog inglês.

Ainda não tenho filhos humanos, mas acredito que a chegada do Rufinho foi um bom test drive.

Ele mudou completamente a rotina da casa, foram muitas noites em claro ou mal dormidas, muitas idas ao veterinário e a loja pet para abastecimento.

Não tinha ideia dos cuidados básicos e das necessidades dele. Tive que aprender tudo na base da tentativa e erro. Por isso, tive a ideia de criar esta página para compartilhar um pouco do que ando aprendendo com meu Rufinho. E acredito que estas dicas vão ajudar os papais desesperados que acabaram de receber seu filhotinho e não sabem o que fazer. Respira e dá olhadinha aqui (parte 1)!

mdb_dicas

1 – APLICANDO AS VACINAS
As vacinas básicas são a V10/V8 (3 doses) com um intervalo de 3 semanas entre cada uma e a contra a raiva (1 dose). Geralmente, o criador aplica a primeira dose da vacina V10/V8.
As vacinas contra a giárdia (2 doses) e contra a gripe (2 doses) não são mandatórias, há muita controvérsia sobre elas inclusive, porém são recomendadas pela maioria dos veterinários. O Rufinho e o Joaquim têm todas essas.
Em regiões endêmicas, a vacinação contra a Leishmaniose (3 doses) também é indicada. Lembre-se que as vacinas são anuais. Anote na agenda e guarde bem a carteirinha de vacinação, é importante reaplicá-las nas datas corretas!

2 – CONTROLANDO A ALIMENTAÇÃO
Independente de você optar pela ração ou alimentação natural (AN) – veja mais sobre isso aqui – não deixe o alimento sempre disponível. Divida em pelo menos 2 x ao dia em horários fixos e tire o comedouro assim que ele terminar. Bulldogs são glutões e gordinhos por natureza, mas estarem acima do peso não é saudável. Essa divisão também ajuda a prevenir a torção gástrica!
No começo, dava a ração dividida em 3 x ao dia, mas o Rufinho ficava muito desesperado nos intervalos e por isso, passamos a dividir a mesma quantidade em 4 x. Resolveu! Não o acostumamos com petiscos, nos primeiros meses a alimentação foi unicamente ração.

3 – SOMBRA E ÁGUA (MINERAL)!
Como você já sabe, bulldogs são muito suscetíveis a extremos de temperatura. Então, garanta que o cômodo escolhido para ele ficar tenha temperatura amena durante todo o tempo.
Deixe água fresca sempre disponível. Ah, água mineral viu! E não, não é frescura! Se estiver em casa, deixe em pequenas quantidades, porque eles odeiam água babada! Você vai precisar trocar sempre! E às vezes, também lembrá-lo que precisa tomar água. Eles tendem a esquecer este detalhe!

4 – MANTENDO O FILHOTE LIMPINHO
Os bulldogs são conhecidos por terem muitos problemas de pele, infelizmente, este é um fato real. Por isso, você tem que ficar muito atenta (o) a limpeza diária das dobrinhas, do popozão e dos olhinhos. O lenço umedecido será seu amigo inseparável (para sempre!).
Para os olhos, você pode usar soro fisiológico ou anti-séptico com gaze (algodão solta pelinhos).
Após as refeições, se você puder, limpe e seque o queixinho, a combinação restos de ração e umidade é propicia para a criação de bactérias. Pelo mesmo motivo, lave sempre o bebedouro/comedouro também.

5 – APRESENTE UM CÔMODO DE CADA VEZ
Sua casa é um lugar estranho para seu filhote, ele ainda é pequeno e vai se adaptar mais rapidamente descobrindo o novo lar aos poucos. Desta forma, você também consegue controlar melhor o que ele pode ou não fazer – subir no sofá ou na cama, por exemplo.

6 – TREINANDO O Nº 1 e o Nº2
Este é um tópico que deixa muita gente preocupada. E não é por menos, casa suja e fedida é dureza. Depois do lenço umedecido, o tapete higiênico será outro item constante na sua lista de compras. Veja aqui com treinar seu filhote a fazer o número 1 e o número 2 no lugar certo!

8 – NÃO CEDA À MANHA
Você já deve ter visto aqui que os bulldogs são manipuladores, e os filhotes têm uma carinha MUITO irresistível, eu sei! Seu filhote vai fazer de tudo para chamar sua atenção e conseguir o que quiser (a hora que quiser).
TODO DIA, no mesmo horário (às 4h da manhã) o Rufus acordava e começava a chorar para “me chamar”. Como eu ficava preocupada se ele estava bem, saía da cama quentinha no meio da noite de inverno e ia ficar com ele até que ele dormisse. Dica: NÃO FAÇA ISSO!
Levou bem uns 6 meses para eu voltar a dormir direito de novo, porque TODO DIA ele voltava a fazer a mesma coisa. Como dei corda, ele se aproveitou! O seu certamente fará algo parecido, seja forte! Dois dias que deixei ele resmungando até cansar, voltou a dormir sozinho e hoje dorme a noite toda! (Ufa!)

9 – CONTROLANDO AS MORDIDAS
Como já comentei aqui, bulldogs filhotes mordem! E MUITO! É preciso colocar limites e não deixar que ele morda mãos e pés. No começo, pode parecer fofinho, mas com o tempo eles vão ficando mais fortes e as tais mordidinhas virarão dentadas afiadas e BEM doídas!
Diga NÃO, dê bronca, use as receitas da vovó, dê brinquedos para morder. Aviso de antemão que vai demorar um tempo para isso melhorar, mas seja firme e não deixe que esse comportamento seja rotina! Se precisar, procure ajuda de um adestrador.

A chegada do filhote envolve muitas coisas, um post só é pouco para falar o básico. Por isso, decidi separar em duas partes para facilitar sua leitura. Confira a PARTE 2 aqui 😉

7 comentários em “Como cuidar do meu filhote de bulldog? – PARTE 1

  1. Pingback: Tudo Sobre A Raça Buldogue: Características E Fotos | Mundo Ecologia

  2. Existe algum grupo fechado das mães bug para tirar duvidas ou trocar vivências ??

    Priscila Carvalho….

    Curtir

  3. Ameii agora sei como cuidar do meu 3 filho kk

    Curtir

  4. Adorei suas dicas 😁
    Tenho um gordinho de 5 meses Apóllo estou com alguns problemas com ele . Levei ao veterinário e ele está começando a dar dermatite , estou preocupada pois limpo ele todos os dias com lenço umidecido e anti séptico! A veterinária me indicou um shampoo Dr clean Cloresten para banho de 15 em 15 dias . Gostaria de alguns conselhos ! O que vc acha q eu possa intercalar nesse período pois ele só vai tomar banho de 15 em 15 dias ! Você sabe o que posso passar debaixo do queixo dele para eliminar essa dermatite ou até mesmo evitar ?????
    Abraços.

    Curtir

  5. Pingback: O filhote chegou, e agora? – PARTE 2 – Mãe de Bulldog

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: